Pão da Vida x Pão da Terra. Parte I.

Por Dr.Mauro Montaury

A Vida vem da Terra, nossa Mãe Gaia, nossa geradora, nossa alimentadora, nossa nutridora de toda energia e vida.

O pão nosso de todo dia era o trigo em maior proporção e outros grãos em menor concentração.

O trigo das estepes da Eurásia e África alimentou o homem e fixou ao solo. Ele foi uma das primeiras gramíneas cultivadas. Era o trigo primitivo da Jordânia,Israel,Egito.

A variante primitiva , o trigo “cascudo” que tinha paladar e aroma e um sabor meio de amendoim.A Variante primitiva que ficava no alto das hastes de trigo e diferente das atuais não caía com simples ventinho.

O trigo primitivo “emmer” e “einkorn” quando ingeríamos fazia nossas glicemias variarem pouco e nos alimentava ao longo do dia mantendo dispostos diariamente.

Não ocorriam grande alterações de glicemia, e como não ocorria hiperglicemia súbita não estimulava excesso de insulina circulante e não depositava gordura visceral e nem barriga de trigo.

O trigo primitivo nos fixou na terra e o atual nos adoece.

Temos que romper o preconceito criado pela indústria alimentar que tudo que é integral em grãos é saúde pura, ilusão que a indústria alimentar criou no nosso mental.

O que aconteceu com o trigo nestes 70 últimos anos?

O processo de hibridização artificial e modificação genética nestes 60 anos gerou algo doentio que não é mais o trigo originário ou primitivo.Barriga de Trigo Dr.Willian Davis.

NÃO COMAMOS MAIS O TRIGO SE QUISERMOS MANTER A SAÚDE.

Comemos um alimento que não é mais o trigo e que nos adoece.

RETIRE TODO TRIGO DA SUA ALIMENTAÇÃO e todo o processo de regressão de doenças vai acontecer contigo.“Barriga de Trigo.Dr. Willian Davis.Entrevista 1/2

Lembre que o trigo é fonte de mais de 20 % de todo alimento consumido diariamente por toda população em diferentes formas de preparo nutricional.

VEJA SITUAÇÕES DE MELHORA DE DOENÇAS RETIRANDO O TRIGO EM:

  • Redução do colesterol total e LDL.
  • Perda de peso de 5, 10, 15,20 e 25 kg em alguns meses. Melhora da obesidade.
  • Melhora da fase pré-diabética, regressão da fase diabética.
  • Recuperação da densidade óssea e reversão da osteopenia.
  • Cessação de transtornos dermatológicos.
  • Melhora dos processos imune e inflamatórios envolvendo artrite reumatoide (fase inflamatória),  doença celíaca e doenças inflamatórias intestinais.
  • Regressão do principal mecanismo da Doença Metabólica (com alívio da síndrome metabólica e do diabetes do tipo 2).

Múltiplas doenças regredindo retirando um único alimento.“Barriga de Trigo.” Dr. Willian Davis.Entrevista 2/2.

O processo de hibridização artificial e modificação genética nestes 60 anos gerou algo doentio e que não é mais o trigo.

Na parte II falaremos das proteínas do trigo que causam doenças e seu mecanismo fisiopatológico.

Voltemos agora para o PÃO DA TERRA, aquele que não tem trigo e não foi contaminado pela industrialização genética e nem pelas doenças geradas por ele cujas principais são: obesidade, diabetes mellitus e processos inflamatórios disseminados.

O que fez as pessoas que não tinham condições econômicas de comprar o trigo e não adoeceram com ele?

Eles fizeram o PÃO DA TERRA:

  • Pão de Aipim.
  • Pão de Inhame.
  • Pão de Milho.
  • Pão de Milho e Cará.
  • Pão de Batata doce.
  • Pães de produtos da terra sem interferência do processo industrial.

Ao mudarem o pão de trigo comum ou integral para o pão da terra, ficará mais saciado, não terá grandes alterações de glicemias e gradativamente ao retirar o trigo sentirás que sua barriga não estufará, não terás desânimo ou astenia e nem irritação ou insônia ou alteração de humor, além de outros sintomas que ao longo do tempo perceberas.

Ao não usarem o trigo por dificuldade econômica, a população agrícola que fez o pão da terra não desenvolveram obesidade, diabetes mellitus, artrite, doença inflamatória intestinal e doença celíaca.

A população americana com o problema do colesterol e acidentes vasculares tipo IAM e AVC, ao retirar estas gorduras da dieta alimentar diária tiveram um BUM de obesidade leve a mórbida em 1 década. Vocês sabem o motivo.

Por Mauro Montaury Data:Out 10, 2013 Comments :
 

Leave a Reply