Movimento da Vida. Parte I

POR Dr.Mauro Montaury.

O movimento gerado pela idéia da Vida, o conceito de saúde com desenvolvimento pessoal deve ser baseado na Sustentabilidade do Ser Humano sadio, equilibrado, são, em si, no seu ambiente natural, no seu solo saudável e no mundo ao seu redor.

A qualidade de vida inicia com o cuidado com o alimento, na obtenção de alimentos não transgênicos, de fonte orgânica, isento de pesticidas, agrotóxicos ou outras substâncias tóxicas. Alimentos bom, limpo e justo. SLOW FOOD.

Devemos na medida do possível usar alimentos frescos com controle de qualidade e isento de impurezas. Os ciclos da natureza e os ritmos dos vegetais e dos animais precisam ser ecologicamente harmonizados. Podemos juntos ajudar a criar um mundo justo, pacífico, saudável e sustentável. CHOPRA.

Devemos gerar Comunidades Auto-Sustentáveis, com sistemas energéticos não poluidores, pessoas sadias, moradias confortáveis, ecológicas, vitalizantes e sistemas de cultivo orgânicos com AGRICULTURA BIODINÂMICA.AGRICULTURA BIOLÓGICA. , PERMACULTURA e SISTEMA AGRO-FLORESTAL. Pessoas que busquem crescimento espiritual, social e antropologicamente equilibrada. ECOVILLAS.

Cada vez mais existem doenças ligadas aos processos industriais e as formas de produção e que não respeitam o equilíbrio humano em toda sua plenitude. Quando rompem este tênue equilíbrio da saúde são geradoras de stress e doenças. Esta nova adaptação para esta nova forma de viver muda a forma de viver habitual. São chamadas de Doenças da Civilização .Dr. Buker Haus.

Não podemos nos confundir com a idéia preconcebida de que Saúde e Doença são polaridades e que podemos direcionar ou modificar elas só mudando parâmetros. É UM CONCEITO ERRADO. São situações diametralmente diferentes e que não podem ser conquistados com dinheiro ou com fármacos ou com psico-fármacos como na atualidade onde existem pílulas coloridas para cada tipo de emoções como:

  1. Ereção, (azul, sildenafila, bloqueador do canal de cálcio nos corpos cavernosos melhorando a ereção).
  2. Prazer, (não sei qual vai ser a cor, parece que vai ser rosa, usando o principio da ação do hormônio ocitocina e dando sensação de prazer e orgasmo).
  3. Felicidade, (produtos derivados dos comprimidos semelhantes ao êxtase droga, derivados de drogas alucinógenas).
  4. Sonhos (remédios indutores de sono artificial ou derivados benzodiazepínicos).
  5. Humor, (todos os produtos psicofarmacos usados como antidepressivos inibidores semi seletivos da serotonina).
  6. Tristeza (remédios antilágrimas, mas não solucionam os conflitos e nem dão fortaleza para enfrentá-los).

Lembrar a frase do Dr. Are Waerland que diz que não existem doenças e sim maus hábitos ou vícios, como: SAL, AÇÚCAR, TABACO, ÁLCOOL, ESTIMULANTES COMO CAFÉ, EXCESSO PROTEINA ANIMAL E PRODUTOS QUÍMICOS INDUSTRIAIS.

Ele vivia numa época próxima da 2ª Grande Guerra e  não existiam essa proliferação dos agrotóxicos. AGROTÓXICOS.

Não existia a hiperproliferação das substâncias químicas e nem a psicofarmacologia das drogas milagrosas desenvolvidas na 2ª GGM e nos seus estudos posteriores. Geraram os grandes conglomerados da indústria química e a total dependência dos países dependentes dessas tecnologias. Dr. Mathias Ruth. MOVIMENTO DA VIDA.

Os agrotóxicos, antes produtos químicos, eles foram usados e inventados nas guerras com finalidade de genocídio como fez Saddan Hussein na população curda no Norte do Iraque. Como sobraram das guerras, e estas tinham terminadas, a criação química excedente foi usada para matar as vidas dos microorganismos do solo e dos que estão junto dos alimentos e adoecemos juntos.

Lutemos pela Vida em toda sua infinita existência. Dr. Peter Prodoctor. Um homem, uma vaca, um planeta. UM HOMEM, UMA VACA, UM PLANETA

Por Mauro Montaury Data:Jan 20, 2013 Comments :
 

Leave a Reply