Higienismo

Por Carolina Abranches

 

Higienismo desintoxica o organismo. A alimentação criada no Japão também promete queimar gordura

 

 

 

 

Criado no Japão, o higienismo acredita que todas as doenças são causadas pelo acúmulo de toxinas no corpo e que os micro-organismos se aproveitam da debilidade do doente.

 

A filosofia higienista preza uma dieta baseada em alimentos crus, orgânicos e livre de agrotóxicos. Ela se baseia numa reeducação alimentar, visando o bom funcionamento do organismo.

 

 

 

. A dieta higienista visa a harmonização dos alimentos e evita o consumo de frutas doces com cítricas.

 

. Carne, leite, ovos, frituras, doces, enlatados, cigarro e bebida alcoólica não são bem vindos.

 

. Liberados no cardápio estão aveia, mel, granola, açúcar mascavo, peixe, folhas verdes e escuras, frutas com casca e limão para salgar a salada e os legumes, que devem ser cozidos no vapor.

 

 

 

No higienismo, frutas são ingeridas separadamente, meia hora antes das refeições.

 

Carboidratos nunca são servidos com proteínas. Misturá-los, segundo a filosofia, faz com que o bolo alimentar demore para ser digerido, fermentando carboidratos, apodrecendo proteínas e produzindo mais toxinas.

 

“Já as saladas são bem vindas com quase tudo, exceto frutas.

A refeição higienista é composta de uma farta salada e mais uma proteína ou um carboidrato.”

 

 

 

Por não contar calorias, as quantidades dos alimentos a serem ingeridas são livres. Portanto, não há um adepto do higienismo acima do peso. O que os higienistas seguem é tomar um copo d’água ao acordar, seguido de frutas até a hora o almoço.

 

Para desintoxicar, o almoço deve vir acompanhado de um farto prato de salada com as mais variadas folhas e brotos e outro de legumes cozidos no vapor e temperados com limão.

 

À noite, um prato de sopa de legumes é bem vindo.

 

 

* Fonte: BemStar

 

 

Por Mauro Montaury Data:Mar 9, 2011 Comments :
 

Leave a Reply