Refém-Não! Parte I

Por Dr.Mauro Montaury.

O processo de culturalização é muito complexo e envolve a biografia humana, a antropologia social e a família originária da sua história pessoal genética.

O que está acontecendo na sociedade atual com a família e o idoso?

Aonde estão caminhando os costumes fundamentados na formação ética e justa ligada ao conceito de família?

No processo de nascer/crescer/desenvolver/envelhecer e morrer do ser humano sem família estruturada na ética enfrenta muitas situações conflitantes como:

-O amor é a mola formadora e estruturante da gratidão ao amparo dos anciãos.O que fazer quando o desamor impera?

-O carinho e o afeto do contador de estorias, os bons conselhos e as palavras amigas do idoso,quando não existem porque abandoná-los?

A correria, a pressa da sociedade estruturada no instantâneo e no capital desumano, na negligência social, no abandono humano, esquecem a história de vida que êles (os idosos) realizaram nesta existência e a aprendizagem transmitida pelos seus antepassados.Estatuto do Idoso.
“sociedades não fundamentadas ou não centradas na sabedoria dos anciãos são sociedades fadadas a desaparecer como civilização”

“as grandes sociedades centradas nos conhecimentos dos colegiados dos anciãos e sedimentadas na sabedoria acumulada pelos séculos ajudaram a desenvolver instrumentos mais apurados,ferramentas que levaram ao progresso civilizatório destes grupos.”

Porque atualmente os idosos quando vão envelhecendo são colocados em asilos, são afastados dos seus lares vividos por décadas,são deslocados de seus lares pelos familiares?

O que na sociedade atual torna os idosos reféns de  filhos, parentes, genros, noras, familiares?

Estudo maus tratos em idoso Ribeirão Preto-SP.

Porque os idosos são retirados dos seus referencias de vida afetivo social?

 

Porque a cultura desenvolvida num determinado local, com objetos pessoais, cheios de vivência e de história pessoal do idoso são arrancados ou afastados deles subitamente?

O que está acontecendo com os gerontos que adoecem quando mudados de habitat? Abuso.

Estas desestruturações geram diferentes enfermidades:

-Desequilibrios corporais, estruturais manifestados por tonturas, insegurança na deambulação e quedas por interferência na sua força vital (seu chi energético foi atingido e sente falta do seu chão, seu habitat normal).

-Alteração da sua memória de vida quando mudam coisas e objetos dos seus locais tradicionais.

-Mudam, modificam, morrem as pessoas que sempre conheceram e ligados afetivamente ao seu universo pessoal.

A antiga tanatologia do idoso envolvia a família e todo seu ambiente emotivo, antropológico social e pessoal.Tudo era centrado na casa, na família e na história pessoal do ser que estava realizando a transição.

Atualmente transferimos este papel antropológico social para o asilo, o hospital e a passagem deixa de ser a vivência dos familiares e a cultura socioantropológica da transição e abandona, esquece, perde todos os ritos de passagem.

Esquecemos todos os ritos culturais de séculos…

Esquecemos todas as historias trnsmitidas boca ouvido…

Que saudade das histórias contadas pelos anciãos e sua riqueza de detalhes…

Diziam algo que é difícil de escutarmos hoje em dia,dizia: ” que pessoa de fundamento, é bom prestar atenção  e escutar o que diz”.

Sabedoria é algo que não se aprende na universidade, é algo que se aprende na vida. É algo que cristaliza dentro da alma humana e não se esquece.

Por Mauro Montaury Data:Nov 28, 2011 Comments : 0
 
 

Camomila: Do Jardim para o Bule

Por Dr. Mauro Montaury

 

A Camomila (Matricaria Chamomilla) pode surpreender por suas utilidades: além de ornamental, produz um chá calmante e digestivo, suaviza a pele e embeleza os cabelos.

 

Trata-se de uma das ervas mais antigas que a humanidade já utilizou. O intenso aroma despertou o interesse pela planta e antigos pesquisadores, atraídos pelo doce perfume, acabaram por descobrir várias das propriedades que tornaram a camomila tão famosa.

 

Os antigos egípcios tratavam uma doença semelhante à malária com o chá de suas flores. Ficou muito conhecido também um tipo de vinho aromatizado com flores de camomila.

 

“Na Espanha, por exemplo,

esse vinho era usado como digestivo”.

 

 
 

 

Popularmente, a planta é usada contra problemas digestivos, gases intestinais, ataque de vermes, gastrites, insônias, reumatismo, dores musculares, dores na coluna e dores ciáticas.

 

O conhecido “chazinho de camomila” é muito usado nos cuidados com os bebês, seja para acalmar as cólicas ou na higiene, limpando as crostinhas da cabeça.

 

As pequenas e delicadas flores da camomila concentram potentes óleos voláteis responsáveis pelos efeitos antiinflamatório, antiséptico, sedativo e antiespasmódico. Esses óleos atuam de duas formas:

 

. Acalmam os músculos e nervos internos (o que explica o uso em cólicas nos bebês e cólicas menstruais), e,

. Exercem um efeito emoliente sobre a pele.

“O tradicional chá de camomila é reconhecido como um relaxante e tranqüilizante natural, que ajuda a tratar problemas provocados por tensão nervosa, como insônia, dores de cabeça, etc”.

 

Na cosmética, seus poderes são conhecidos há mais de 4 mil anos.

 

O chá natural é usado para realçar o tom dourado dos cabelos louros. Em compressas, suaviza olheiras e inchaço dos olhos. O responsável por essas maravilhas é o óleo essencial da camomila, chamado azuleno - um ingrediente muito utilizado pela moderna industria cosmética.

 

A ornamental vai do jardim para o bule

 

A camomila é uma erva da família das Compostas e adapta-se praticamente a qualquer tipo de terreno. É uma planta herbácea anual que alcança, em média, de 30 a 50 cm de altura. Suas flores miúdas, semelhantes a margaridinhas brancas com o miolo amarelo, exalam um perfume delicado e enfeitam canteiros e vasos. O caule é ramificado e suas folhas bem recortadas.

 

Originária da Europa, a camomila prefere clima ameno, mas é capaz de adaptar-se bem, desde que o clima não seja muito quente.

 

* Plantio

 

Por meio de sementes, no período de abril a maio.

 

Para o cultivo em vasos ou jardineiras, recomenda-se que eles tenham pelo menos 20 cm de altura. As sementes não devem ser enterredas muito fundo, pois necessitam de luminosidade para brotar.

 

Regas: manter o solo úmido, sem encharcar e diminuir as regas no inverno.

 

Cuidados: a camomila precisa receber luz solar direta por pelo menos 5 horas diárias. Recomenda-se a adubação orgânica, mas deve-se evitar o uso de qualquer tipo de produto químico, uma vez que a erva é usada na preparação de chás.

 

Métodos naturais de controle de pragas podem ser muito úteis, no caso de suspeita de ataque de pragas.

 

Colheita: as flores, onde se concentram as propriedades medicinais da planta, devem ser colhidas no período de junho a setembro. Normalmente após a colheita é preciso fazer o replantio, pois seu ciclo de vida é anual. Para conservação das flores, deixe-as secando à sombra, em local ventilado, depois guarde-as em um recipiente de vidro bem tampado.

 

 
 

 

* Dicas de uso

 

 
 
 

 

Contra a insônia: Use flores secas de camomila para fazer travesseiros. Seu aroma delicado e suave ajuda a acalmar e diminuir a ansiedade.

 

 
 
 

 

Compressas: Para combater inflamações e inchaços dos olhos, recomenda-se aplicar compressas com o chá de camomila. Utilize um pano bem limpo, embebido no chá morno, coloque suavemente sobre os olhos.

 

Banho calmante e relaxante: Coloque um punhado de flores secas na água morna da banheira. É ideal para acalmar a agitação dos bebês e favorecer um sono tranqüilo.

 

Suavizante da pele: O óleo de camomila (encontrado nas boas farmácias de manipulação) é um ótimo suavizante para queimaduras e irritações da pele.

 

Para limpar as crostinhas da cabeça do bebê: Misture uma colher (sopa) de flores de camomila a uma xícara (café) de óleo de cozinha. Leve ao fogo, em banho-maria, por 3 horas. Coe num pano fino e esprema bem. Use embebido em algodão, passando delicadamente sobre as crostinhas.

 

Para aliviar dores: Faça o mesmo preparado explicado para as crostinhas do bebê. Aplique o óleo e cubra a região dolorida com gaze ou uma fralda de pano limpa.

 

* Curiosidade

 

Dizem que a camomila dá muita sorte e ajuda a atrair dinheiro, por isso, em tempos remotos, os jogadores costumavam lavar suas mãos com chá de camomila antes de jogos importantes.

 

* Fonte: Aroma - Vida Saudável

Por Mauro Montaury Data:Jul 9, 2010 Comments : 9
 
 

GRIPE, ALIMENTOS, FITOTERÁPICOS, HOMEOPATIA E CUIDADOS GERAIS.

Por Dr. Mauro Montaury.

 

Devemos ter em conta que o estado gripal é um treinamento imunológico com a finalidade que o organismo alcance o equilíbrio que é a saúde.

 

É necessário que compreendamos que ausência de doenças não é saúde. Este Estado de Saúde ocorre quando apresentamos um equilíbrio funcional onde não ocorra deficiências de órgãos e dos diversos sistemas e a nossa totalidade se auto desintoxica.

 

 Nossas funções estão em total homeostase, equilíbrio interno de todas as funções, quando no Estado de Saúde.  Seja na parte: hormonal, funcional, mental, emocional, imunológica, psíquica, excretora, espiritual, absortiva, etc.

 

O que podemos fazer para avaliar o indivíduo na sua totalidade, quando com estado gripal eventual ou de repetição? Todo dia vários pacientes com estado gripal apresentam para atendimento e geralmente as queixas se repetem.

 

Falam: Tenho alimentação normal, como arroz, feijão e carne. Geralmente não comem frutas, verduras, oleaginosas, leguminosas, brotos ou proteínas vegetais. São carnívoros.

 

Vem muitos pacientes fumantes de ½ a 2 carteiras de cigarros/dia por pelo menos mais de 20 anos,quando não são portadores de bronquite crônica, asma brônquica, enfisema pulmonar, apresentam cânceres de boca, pulmão, laringe com radioterapia ou outras patologias decorrente do uso crônico do tabaco. São fumantes ativos ou passivos de repartições.

 

Stress leia o post ”Stress, estafa, o que significa e o que existe por trás” no site.

 

Estão por exemplo, para apresentar trabalho no final do semestre, com mais de 20 matérias, só dormindo 2 horas/dia, no período de 7 dias. Stress pessoal, profissional, no trabalho, na família, etc.

 

Tem acontecido pela entrada do inverno no hemisférico sul, a baixa da temperatura ambiente, e conseqüentemente a desregulação corporal das pessoas. Tinham se acostumado ao descontrole térmico ambiental com calor no inverno, e esqueceram que o inverno normal faz frio e é úmido.

 

Lembrar que na Homeopatia existe medicação feita com vários vírus da gripe da Ásia e Europa quando das primeiras patogenesias. Apresentam os principais sintomas da gripe e não ocorre efeitos colaterais encontrados nas vacinações convencionais.Existe quase uma centena de medicamentos homeopáticos para estado gripal individualizado.Existe mais ou menos 25 medicamentos, quando no final do estado gripal, na convalescência, período de retorno a saúde após a doença, na Medicina Homeopática.

 

É importante lembrar que existem remédios caseiros e alimentos que podem ajudar:

  • Chás de gengibre, canela, cravo, mingau de aveia, trazem calor para nosso Corpo Calórico tão comprometido pelos produtos industriais ou processados.
  • Quando fizeram abuso alimentar ou problemas digestivos usarem: chá alcachofra ou alimento alcachofra é melhor ainda.
  • Os alimentos alcalinos ajudam como: mamão, alcachofra, vagens, cebolas, alhos, brotos.
  • Lembrar das sopas de legumes com: batatas, abóboras, mandioquinhas, cenouras, batatas, etc. Frutas e verduras principalmente da temporada como: bananas, uvas, maçãs, peras, mamão, laranjas, limão, tangerinas, etc.
  • Antes de se deitar a noite não coma gorduras, frituras, álcool, ou proteínas de origem animal.
  • Prefira carboidrato complexos tipo: suco de uva natural, iogurte natural, pães integrais com alface, cenoura, rúcula, radite, ricota, beterraba, salada de rabanete vermelho, pepino e vagem, no período noturno.
  • Vá dormir cedo e não ligue a TV. Fiquem uns dias sem hiper estímulos visuais e auditivos, causa de stress nos órgãos neuro sensoriais. Escute o silêncio interior.
  • Quando o paciente apresentar dor de garganta fase inicial, não usar qualquer tipo de antiinflamatório oral ou injetável. Não se automedique.O gargarejo com chá de casca de romã 1 a 4 x ao dia é muito útil,tomando após cada gargarejo 1 xícara do chá limpo.
  • Quando o paciente apresenta tosse com catarro e não consegue fluidificar ou é espesso, recomendamos por 5 a 7 dias o método dinamarquês que é 1 dente de alho descascado em 1 copo d’água repousado por 12 horas e à noite tomar a água de alho, jogando o alho fora. Geralmente o paciente fluídica suas secreções pelo uso da alecina, o ácido gárlico, ácido fraco que rompe as pontes de sulfatos das proteínas nas secreções.

NÃO FAÇA AUTO MEDICACAÇÃO.

 

As informações contidas neste blog são de caráter informativas, educativas, reflexivas e não servem para realizar autodiagnóstico, autotratamento ou automedicação. Procure o profissional médico ético, qualificado e de sua confiança.

Autor: Mauro Montaury de Souza.

Por Mauro Montaury Data:Ago 11, 2009 Comments :1